Porto do Pomarão

Porto do Pomarão, Rio Guadiana.


Porto fluvial do minério da Mina de São Domingos.


Terra de contrastes, a singularidade da localidade da Mina de S. Domingos não deixa indiferente o olhar de quem por aqui passa. A área mineira de São Domingos inserida na Faixa Piritosa Ibérica foi desde a Antiguidade um local procurado para a extração de minérios existindo indícios de trabalhos de extração de ouro, prata e cobre no período pré-romano e romano.


É o período de exploração moderna que dita a importância e o legado histórico da Mina de S. Domingos. Numa atividade de extração intensiva que decorreu ao longo de mais de um século (1854-1966), a empresa britânica Mason & Barry extraiu dos jazigos da Mina de S. Domingos mais de 20 milhões de toneladas de minério (cobre, zinco, chumbo e enxofre). A Mina de S. Domingos foi mesmo a maior exploração mineira portuguesa até à década de 1930, com uma força laboral continuamente superior a um milhar de trabalhadores até perto do seu encerramento.


A Mina trouxe para a povoação um nível de desenvolvimento muito acima do vivenciado no resto do país. Aqui construiu-se, por exemplo, uma das primeiras linhas férreas, para fazer a ligação entre a Mina e o antigo porto fluvial no Pomarão, que permitia o escoamento do minério através do rio Guadiana. Construi-se, também, a primeira central elétrica do Alentejo. E sustentada pela atividade mineira, existia uma sociedade local dinâmica, moderna e com acesso a vários serviços, como um cineteatro ou um hospital.


O fim da exploração, aliado à ausência de uma reabilitação adequada após o encerramento da exploração, bem como o abandono e vandalização subsequente do património remanescente ditaram a decadência progressiva do território, consumada no êxodo populacional, na ruína e no enorme passivo ambiental de toda a antiga área mineira. Hoje, a estratégia de desenvolvimento está orientada para a busca de resoluções para os problemas ambientais e para a salvaguarda e valorização/valoração do património mineiro.


A 3 de junho de 2013 o conjunto mineiro da Mina de S. Domingos foi classificado pela lei portuguesa “Conjunto de Interesse Público” e, hoje, a área urbana e o antigo complexo industrial fazem parte de um circuito de visita que evoca a história e a memória viva das muitas gentes que aqui viveram e trabalharam.


in visitmertola.pt - CM Mértola


Fotos do Mundo Roselha Grande

Pomarão agosto 2005

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo