Festival de Balonismo em Coruche

Não há nada impossível; há só vontades mais ou menos enérgicas” - Júlio Verne


A Windpassenger organizou nos passados dias 1, 2 e 3 de Abril de 2022 o Flutuar by Windpassenger - V Festival Internacional de Balonismo de Coruche.


O evento trouxe a Portugal diversas equipas de balonismo de várias nacionalidades com a participação de balões de formato convencional e de forma especial.


O festival esteve sob Direção Técnica de Guido Van Der Velden dos Santos, piloto da Windpassenger.


Com a ambição reforçada de se tornar uma referência nacional e internacional ao longo dos próximos anos, o festival prometeu oferecer uma agenda repleta de surpresas e bons momentos para toda a família ao longo de 3 dias.


Coruche localiza-se num território que oferece excelentes condições para a prática do balonismo, possuindo uma paisagem diversa caracterizada pela presença de imponentes áreas de Floresta de Montado, do Rio Sorraia – um afluente do Rio Tejo, o rio de maior dimensão que vindo de Espanha divide Portugal – e do Vale Agrícola do Sorraia – chamado localmente de "Lezíria Ribatejana” – , uma das mais férteis áreas agrícolas de Portugal onde se produzem anualmente toneladas de milho e arroz de elevada qualidade.


No território que está destinado aos voos de balão de ar quente durante o Festival destaca-se a Floresta de Montado. Este tipo de floresta, que pode ser encontrada unicamente nos territórios da bacia do Mediterrânio, está, segundo as Nações Unidas (UN) e a World Wild Fund for Nature (WWF), na base de um dos 35 ecossistemas mundiais mais importantes para a conservação da biodiversidade, estando equiparado à Amazónia, à savana Africana ou ao Bornéu. É um habitat natural para espécies de plantas e aves, mamíferos, répteis e anfíbios.


É destas florestas, precisamente da árvore "Sobreiro”, que é extraída a cortiça, um incrível produto natural, comumente encontrado como vedante de vinho através da rolha. A produção mundial de cortiça é de 340 mil toneladas por ano, das quais 55% são oriundas de Portugal.


A extração da cortiça é um processo controlado que não requer o abate dos sobreiros, pelo contrário, contribui para a sua regeneração. É a indústria da cortiça que viabiliza a continuidade da Floresta de Montado, ao contribuir para a manutenção das florestas e das populações que dependem delas.


Uma estimativa recente prevê que só em Portugal, onde existe a maior área mundial de montado, a cortiça explorável seja suficiente para satisfazer a procura do mercado durante os próximos 100 anos. Em média, em Coruche, onde existem várias unidades industriais de processamento de cortiça, são produzidas quase 7 milhões de rolhas por dia, que são depois exportadas diariamente para todo o mundo.


Coruche é um território que inspira confiança, cultura, inovação e desenvolvimento, preservando as características rurais e a enorme paixão pela natureza.


O convite para visitar o Flutuar by Windpassenger em 2023 - Festiva Internacional de Balonismo Coruche no próximo ano será irrecusável.



Texto: https://www.festivalbalonismocoruche.com/

Imagens da web


27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo