A Importância da Alimentação

Sinceramente, a alimentação é o mais importante para qualquer ser vivo.


Comer, beber e dormir, fundamental para todas as formas de vida.


Mas sempre sem exageros, muito contido (esta é alentejana), controlado, sóbrio (esta aprendemos em Trás-os-Montes), e nunca jamais desaproveitando recursos necessários, nem energia, e sempre reutilizando tudo o que sobra, sem desperdícios.


Para que nós, as gerações que ocupamos e gastamos o mundo hoje, consigamos deixar um mundo limpo, sem lixo, e com recursos alimentares em condições para as gerações que estão a seguir a nós.


Produtos criados e crescidos ao lado da porta, na terra.


Nunca nos ocorreu falar em vegetariano ou vegan...


Porque a alimentação base, perfeita dieta mediterrânica, é regular de couves, feijão, grão, todas leguminosas, todas as couves, todas as hortícolas multicolores. A carne come-se apenas nos dias de festa com a família.


Por isso demos vida em casa a nossa horta.


Plantamos, semeamos, criamos, e vemos todos os dias as couves crescer, e o feijão verde, e os tomates multiplicarem-se, e as beringelas, e alcachofras, e as três galinhas felizes, em gratidão oferecem-nos ovos todos os dias. E a nossa cadelinha Etna feliz, toma conta das hortícolas de verão e de inverno.


Até já fizemos no fundo da horta, uma torre, com duas cadeiras, para nos sentarmos ao fim da tarde a ver as couves crescer e as cegonhas a recolher. E para a Etna a torre de observar a horta é o lugar mais importante do mundo. Na sua observação, alterna de colinho em colinho.


Mas a nossa culinária ibérica de seculos de historia e de interferências multiculturais, todos os dias nos provoca, com tentações tão abençoadas.


Que maravilha de gastronomia temos!!! Adoro comer couves e feijão, mas um peixinho do mar daqueles com espinhas, umas conchinhas fresquinhas do mar!!!


Irresistíveis!


Com qualquer dos nossos bons vinhos de mesa claro!!! Tinto...


Fotos do Mundo Roselha Grande


1 visualização0 comentário