Cozido de Grão à Alentejana

Prato preparado com grão-de-bico, diversos legumes e vários tipos de carne. As carnes e as ‘sopas’ (de pão) são servidas em separado.


Ingredientes: Enchidos (farinheira, linguiças, morcela); pé de porco, chispe, orelha, ossos, carne de porco (ou borrego), beiço de porco, língua, grão-de-bico, feijão-verde, cebola, tomate, alho, louro, cenoura, batata, abóbora, pão, hortelã e sal.


Preparação: De véspera, põe‑se de molho o grão em água e salgam-se as carnes. No dia seguinte, as carnes vão a cozer com água e hortelã. Os enchidos são cozidos à parte. Com a água de cozer as carnes faz-se ‘um picadinho’ com cebola, tomate, alho e louro. Corta-se a abóbora, batata, feijão-verde e cenoura aos bocadinhos. Deixa-se apurar, junta-se tudo e deixa-se cozer bem. Serve-se o caldo sobre sopas de pão fininhas e folhas de hortelã e as carnes servem-se em recipiente à parte.


Existem diversas variações deste prato consoante as regiões do Alentejo. Embora o Cozido de Grão seja confecionado à base de carne de porco, também se pode confecionar com carne de borrego e vitela.


É um prato muito apreciado durante o Inverno, por ser calórico.


Existe uma tradição rural do consumo desta leguminosa, associado aos trabalhos no campo. Quando os trabalhadores pernoitavam no campo, levavam panelas de barro para a campanha do trabalho. Havia sempre alguém responsável por pôr a panela de cada um [cocaria] ao lume.


Texto: DGADR, com base no livro Receitas e Sabores dos Territórios Rurais (MINHA TERRA)


Foto: MINHA TERRA

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo